quinta-feira, 20 de julho de 2017

ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


quarta-feira, 19 de julho de 2017

ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


ARTE DO IMPRESSIONISMO - MONET


CURSO DE ILUSTRAÇÃO EDITORIAL
A História Humana Contada Pela Arte
IMPRESSIONISMO 
Texto Informativo
  

CLAUDE MONET


O Impressionismo foi um movimento que surgiu 
na pintura francesa no século XIX, momento
em que se vivia-se a chamada Belle Époque.
O nome do movimento é derivado da obra
Impressão do nascer do sol (1872) de Claude Monet,
e começou com um grupo de jovens pintores
que rompeu com as regras da pintura vigentes
até então, não mais se preocupando com os preceitos
do Realismo e da Academia.
A busca pelos elementos fundamentais levou-os
a pesquisar a produção pictórica, não mais interessados
em temáticas nobres ou no retrato fiel da realidade,
mas em ver o quadro como obra em si mesma.
A luz e o movimento utilizando pinceladas soltas
tornam-se o principal elemento da pintura, sendo que, geralmente as telas eram pintadas ao ar livre
para que o pintor pudesse captar melhor as variações
de luz e cor na natureza.

CARACTERÍSTICAS:

* A pintura deve mostrar os pontos que os objetos
adquirem ao refletir a luz do corpo num determinado
momento, pois as cores na natureza mudam todo dia,
dependendo da incidência da luz do sol.

* Também, com isto, uma pintura instantânea (captação
do momento), recorrendo inclusive, à fotografia, 
como no caso das pinturas de bailados de Toulouse Lautrec,
e de bailarinas e cavalos de Edgar Degas, ele próprio 
um fotógrafo amador.

* As figuras não devem ter contornos nítidos pois o desenho
deixa de ser o principal meio estrutural do quadro,
passando a ser a mancha e a cor.

* As sombras devem ser luminosas e coloridas
tal como é a impressão visual que nos causam.
O preto jamais é usado em uma obra impressionista.

* Os contrastes de luz e sombra devem ser obtidos
de acordo com as leis das cores complementares,
assim um amarelo próximo de um violeta produz
um efeito mais real do que o claro-escuro utilizado
pelos academicistas do passado. Essa orientação
viria a dar mais tarde origem ao Pontilhismo.

* As cores e tonalidades não devem ser obtidas 
pela mistura de pigmentos, pelo contrário, devem ser
puras e dissociadas no quadro em pequenas pinceladas.
É o observador que, ao admirar a pintura, combina
as varias cores, obtendo o resultado final. A mistura deixa,
portanto, de ser técnica para se tornar óptica.
Os efeitos ópticos descobertos pela fotografia,
sobre a composição das cores e a formação de imagens
na retina do observador, influenciaram profundamente
as técnicas de pintura dos impressionistas.
 Os principais expoentes do Impressionismo foram:
Camille Pissarro, Eduard Manet, Edgar Degas, Claude
Monet, Auguste Renoir e Alfred Sisley. 

dados extraídos da Wikipédia